Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Pagar o IPTU à vista ou parcelado?


No início do ano é sempre comum surgir a dúvida: Qual é a melhor forma de pagar os débitos de IPTU?


Foto:  André Luiz D. Takahashi/Prefeitura de Votuporanga

As prefeituras costumam oferecer, basicamente, duas opções: pagamento parcelado ou à vista. É interessante levar em consideração diversos fatores da suas economias particulares antes de fazer uma escolha.

O pagamento à vista, com um valor menor do que o total parcelado é sempre vantajoso, afinal você vai gastar menos, certo? Mas existem alguns "se" nesta questão que podem fazer a sua escolha pelo parcelado ser mais adequada ao momento. 

- Se você não possuir nem uma parte do dinheiro necessário, saiba que provavelmente não compensa realizar um empréstimo para quitar o IPTU. As taxas de juros dos empréstimos costumam ser superiores às taxas do imposto e você pode acabar ficando com dívidas muito pesadas.

- Se você possui parte do dinheiro, mas o valor completo for comprometer seu orçamento e impedir o pagamento de outros débitos (como o IPVA, gastos com escola, etc), não compensa usar suas reservas nisso e se apertar demais. Verifique possíveis condições de parcelamento em menos meses no talão do IPTU.

Ou seja, basicamente, se você não possui a reserva financeira necessária para realizar o pagamento à vista, o melhor caminho é parcelar. Você evita que o barato, naquele momento, saia bem mais caro depois.

Planejamento Financeiro




O planejamento financeiro é fator essencial para não comprometer suas contas. O ideal é planejar ao longo do ano uma reserva financeira para estes e outros gastos.

Confira este vídeo do canal Me Poupe! que resume o que tratamos aqui e também fala sobre economizar dinheiro para conseguir pagar o IPTU e outras contas sem dificuldades:



Fonte: João Pedro Ferreira / Empenho Comunicação


Mais Dicas




Voltar para Notícias

Sua obra em boas mãos!

Fale Conosco: 43 3251 4242